Carlos Cruz «Promete não se calar»

Capa Inocente para além de qualquer dúvidaCarlos Cruz, autor de Inocente para além de qualquer dúvida, «Promete não se calar», título de uma notícia publicada pela revista Nova Gente.

À espera da decisão do Tribunal de Relação de Lisboa, dia 23 de janeiro – julgamento dos recursos apresentados pelos arguidos, Carlos Cruz continua a defender a sua inocência, apoiando-se em muitos dos factos e documentos apresentados em Inocente para além de qualquer dúvida, livro que tem agitado a opinião pública.

A sua página do Facebook tem sido outro dos suportes que o antigo apresentador tem utilizado para transmitir as suas emoções, registadas aqui pela Nova Gente e aqui pela revista LUX.

120217Nova gente

«Olá amigos
Este o texto que prometi ante-ontem. Já ontem o postei e foi muito comentado mas deve haver muita gente que não o leu e agora está lá para o fundo. Por isso o repito. E um bom dia para todos.

Há quatro cenários possíveis:
1- Manutenção da sentença de 1ª instância
2- Redução de pena sem suspensão
3- Redução de pena com suspensão
4- Absolvição

As provas da minha inocência são públicas graças ao meu livro. Estão lá depoimentos em inquérito e em tribunal e documentos processuais que atestam a minha inocência e mostram as falhas e seus responsáveis. Depois de o ler e estudar, por exemplo António Pedro Vasconcelos escreveu que “comparado com o meu caso o “Processo” de Kafka é conto de crianças” e o Dr. Mário Soares subscreveu a sua crença na minha inocência. E três dos quatro comentadores do programa “Eixo do Mal”, da Sic Notícias, criticaram o processo, um deles disse que em cada página sentiu um arrepio e Clara Ferreira Alves salientou, no mínimo, a existência do figura do “in dúbio pró reo” no enquadramento jurídico português que parece estar a ser ignorado.»

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 thoughts on “Carlos Cruz «Promete não se calar»

  1. Eu nâo tenho duvidas da enocencia de Carlos Cruz a verdade vera ao decima A CRUZ QUE CARLOS CARREGA esta frace foi escrita no inicio deste processo por alguem que sempre acreditou na sua enoçência

  2. Boa tarde, acabei de ler o livro de Carlos Cruz..eu tinha dúvidas,mas agora juntei me aos que acreditam na sua inocência..Muita força e coragem..Gostava de perceber como é possível com tanta contradição e sem nenhuma prova alguyém consegue ser condenado..Fica a dúvida no ar….
    Patrícia Azevedo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>